Já pensou que a terra não é redonda, mas quase isso? Que todo mundo, no final das contas, está sempre levitando? E que tudo é tudo, mas nada é nada?

Pegue essas questões, junte com as dicas abaixo e compartilhe esse texto com o seu maior inimigo!


Coisas para ler no computador

O blog segue recomendando ler no computador. Leituras no computador são leves e podem ser acompanhadas de leituras no smartphone, que são mais leves ainda.

Este belíssimo artigo da Ilustríssima sobre a viagem que mostrou que a Terra é redonda

Sabia que não há a necessidade de ir ao topo do mundo para ver que a Terra é redonda? É só pegar um barquinho, colocar meia dúzia de alimentos e navegar pelos caminhos certos. Esse texto do Fabrício Lobel, com ótimos infográficos do Marcelo Pliger, mostra como Fernão de Magalhães conseguiu executar esse feito há 500 anos.

Coisas para ler fora do computador

Ler fora do computador tem cheiro mais legal do que ler no smartphone dentro do banheiro. Mas custa dinheiros.

Doutor Jivago, de Boris Pasternak

A Revolução Russa é um dos três eventos mais importantes do século passado. Doutor Jivago toma a revolução como pano de fundo para contar uma das histórias mais bonitas que este blog já encontrou. Foi uma obra difícil de ser publicada, mas que virou um clássico assim que escapou da Cortina de Ferro.

Coisas para escutar

Nem tudo é beijo, blues e poesia. Também pode ser um podcast.

Histórias sobre família no This American Life

O This American Life é um dos meus podcasts favoritos. Para ajudar a enfrentar o isolamento que está sendo a rotina de muitas pessoas, esse episódio foi sobre histórias familiares, algo ótimo para esquecer a situação atual. A do primeiro ato, por sinal, é maravilhosa.

Coisas para assistir

O blog anda tratando mídia audiovisual como o melhor escapismo. Inclusive se ela vier da forma a seguir.

O vídeo do Vox explicando por qual motivo temos tantas capas de discos com a mesma cadeira

Essa história passa por uma fábrica no meio de penitenciária, discos de todos os estilos e até relações de raça. E nada indica que a cadeira deixará de estar em capas de disco de todo o planeta.

E se a sociedade entrar em colapso?

Evite causar um incêndio por conta de um barulho no sótão e beba água.


Escrito e revisado por um Guilherme distraído. Qualquer erro pode ser apontado diretamente no meu Twitter ou até mesmo no meu Curious Cat.

Publicado por guilhermehmds

Guilherme gosta de História, de discutir, de estudar, de Formula 1 e de batata. Guilherme adora uma batata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *